Quão eficaz é o clonazepam para a insônia?

O benzodiazepina clonazepam é um medicamento anti-ansiedade que trabalha para prevenir o tipo de atividade cerebral excessiva que pode levar à ansiedade, ao pânico e ao estresse. Isso faz isso aumentando os resultados do ácido gama-aminobutírico (GABA), que é o neurotransmissor que retarda a atividade cerebral. A atividade cerebral retardada, juntamente com efeitos colaterais como a sedação, ajuda a tornar a clonazepam eficaz para a insônia. Infelizmente, algumas pessoas experimentam insônia e distúrbios do sono enquanto tomam clonazepam e, portanto, acham ineficaz. Os pacientes que experimentam efeitos colaterais adversos, ou efeitos colaterais opostos ao que eles e seus médicos esperavam alcançar, devem entrar em contato com seus médicos o mais rápido possível.

A sedação é um dos efeitos colaterais mais frequentes do clonazepam, fazendo assim tomar o medicamento para insônia um tratamento eficaz para muitos pacientes. A sonolência e a sonolência que acompanham os sentimentos de sedação, emparelhados com os efeitos aprimorados do GABA, ajudam muitos pacientes a adormecerem mais rapidamente e ficarem mais adormecidos do que o habitual. Observe que alguns dos efeitos colaterais relacionados à sedação, como tonturas, desorientação e fraqueza, podem ser perigosos, especialmente se o paciente tomar a medicação fora do lar ou enquanto tenta completar qualquer outro tipo de tarefa.

Embora a sedação, a sonolência e a sonolência sejam efeitos colaterais comuns do clonazepam, para algumas pessoas, o distúrbio do sono é um efeito colateral da droga. Tais distúrbios do sono podem ser ocasionais ou em curso, embora às vezes estes distúrbios desapareçam depois que o paciente usa clonazepam por um certo período de tempo. Os distúrbios do sono ao tomar clonazepam podem incluir a incapacidade de adormecer ou acordar após apenas algumas horas, e alguns pacientes relatam despertar devido a sonhos ou pesadelos vívidos. Obviamente, o clonazepam para insônia não é eficaz para pessoas que experimentam distúrbios de sono em curso enquanto tomam o medicamento. Esses pacientes devem conversar com seu médico sobre um tratamento alternativo.

Observe que os efeitos colaterais adicionais que um paciente experimenta ao tomar clonazepam para insônia podem exigir a atenção do médico. Por exemplo, se o paciente tiver dificuldade em respirar ou engolir, ou desenvolver erupções cutâneas, urticária ou outros tipos de irritação da pele, ele deve procurar atenção médica. O mesmo é verdade para qualquer inchaço facial, incluindo a língua e a garganta.

A insônia é um problema sério que pode levar rapidamente a outros problemas de saúde. Se o médico decidir clonazepam para a insônia do paciente não é o melhor curso de ação, ele provavelmente conversará com o paciente sobre tratamentos de insônia alternativa. Antes de parar a droga, o paciente deve ter certeza de conversar com seu médico sobre quaisquer sintomas de abstinência de clonazepam que ele possa experimentar.